Polícia Federal faz buscas contra ex-funcionário da Presidência no caso das joias

Kinasta Elphine
Kinasta Elphine
1 Min Read

Ações contra Marcelo da Silva Vieira aconteceram na manhã desta sexta-feira,12, no Rio de Janeiro; profissional estava no cargo desde o governo de Michel Temer

A Polícia Federal (PF) realizou na manhã desta sexta-feira, 12, uma operação de busca e apreensão contra Marcelo da Silva Vieira, ex-chefe do Gabinete de Documentação Histórica da Presidência da República durante o governo de Jair Bolsonaro (PL). As buscas acontecem dentro das investigações sobre as joias da Arábia Saudita e tinham como objetivo apreender o celular do ex-funcionário, que era responsável por catalogar o que faria parte do patrimônio público brasileiro e o que seria do acervo pessoal do presidente. O ex-chefe do gabinete prestou depoimento à PF no mês passado e afirmou que Bolsonaro participou de um telefonema sobre ofício feito por Mauro Cid para tentar resgatar as joias avaliadas em R$ 16,5 milhões que foram apreendidas pela Receita Federal no Aeroporto de Guarulhos. As buscas aconteceram no Rio de Janeiro, mesmo com o inquérito estando localizado em São Paulo e a operação sendo autorizada pela TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região).

Share This Article