Apresentação erótica em evento do Ministério da Saúde irrita oposição

Kinasta Elphine
Kinasta Elphine
3 Min Read

Uma apresentação erótica durante o 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde, promovido pelo Ministério da Saúde, virou alvo da oposição nesta sexta-feira (6/10). O material foi gravado na quinta (5/10), segundo dia do evento, que se estendeu até esta sexta-feira.

No palco, uma dançarina apresenta performance enquanto outra pessoa canta. A coreografia, no entanto, não parece ter qualquer relação com o tema do evento. O encontro busca debater a implementação da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS) no Brasil.

O presidente do PP, senador Ciro Nogueira, reagiu ao vídeo. “Chocante como a ideologia contaminou o governo do PT 5! É um seminário de Atenção Primária do Ministério da Saúde!”

“Atenção primária é isso aí? É isso que salva vidas num sistema que a OMS colocou em 125º lugar? O cupim identitário está corroendo o governo por dentro. E Brasil real vê chocado tudo isso”, completou o senador.

O deputado Rodrigo Valadares, do União Brasil, também manifestou repúdio ao vídeo. “Vejam a que nível chegou o Brasil. Esse é o 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde no Brasil e a apresentação é uma imoralidade desta, tudo financiado com o SEU dinheiro”, criticou Valadares.

Ministério da Saúde admite erro
Nesta sexta-feira, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde emitiu nota lamentando a “coreografia inapropriada” de um dos grupos artísticos que se apresentou nos intervalos do evento. Leia abaixo a íntegra da nota:

“A Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde promoveu o 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde no Brasil (Em Prosa). O objetivo do evento é apoiar a implementação e a gestão participativa da Política Nacional de Promoção da Saúde a partir do compartilhamento de experiências e da ampliação do diálogo entre gestores e trabalhadores de diferentes estados, com momentos dedicados à diversidade cultural.

A programação contou com a participação de sete grupos artísticos nos seus intervalos. Uma das apresentações surpreendeu pela coreografia inapropriada.

O Ministério da Saúde lamenta pelo episódio isolado, que não reflete a política da Secretaria e nem os propósitos do debate sobre a promoção à saúde realizados no encontro, e adotará medidas para que não aconteça novamente”.

Share This Article