RESPONSABILIDADE: QUAL É A IMPORTÂNCIA DE DESENVOLVÊ-LA NO TRABALHO?

Kinasta Elphine
Kinasta Elphine
8 Min Read

Ser responsável é dar conta das suas obrigações, de modo que as pessoas ao seu redor compreendam que podem confiar em você. Dessa forma, é importante ter responsabilidade em todas as áreas da vida: pessoal, familiar, amorosa, financeira, acadêmica e profissional.

No que diz respeito ao trabalho, a responsabilidade é uma competência comportamental indispensável, ou seja, é necessária a todas as profissões, independentemente da área. Mas como uma pessoa demonstra a sua responsabilidade no dia a dia profissional? Neste artigo, você vai conferir 10 atitudes responsáveis para desenvolver no trabalho. Saiba mais na leitura a seguir!

  1. SER PONTUAL
    Ser pontual significa ser capaz de cumprir horários e prazos. Isso envolve chegar à empresa e sair dela nos horários combinados, sem extrapolar o horário de almoço. Além disso, envolve também cumprir os prazos combinados com os gestores e colegas sobre as entregas das suas tarefas. Se você precisa entregar um relatório na sexta-feira ao meio-dia, por exemplo, certifique-se de que ele esteja pronto com alguns minutos de antecedência. Caso contrário, você prejudicará a si mesmo e a quem depender do seu trabalho.
  2. DAR O MELHOR DE SI
    Seja sincero: quando você trabalha, você faz de tudo para que o resultado seja o melhor possível? Ou apenas “empurra com a barriga”? Esse comportamento é um indicativo de como você lida com as suas responsabilidades. Se a empresa o contratou, é sinal de que ela deseja desfrutar de todos os seus conhecimentos e capacidades. Por isso, dar o melhor de si é ser mais proativo e contribuir com as suas ideias para que a empresa progrida, e não apenas fazer o que se pede.
  3. PRESTAR CONTAS SOBRE AS SUAS ATITUDES
    Você vai chegar um pouco atrasado por causa do trânsito? Já começou a atividade X? Está tendo alguma dificuldade com o projeto Y? Teve uma ideia bacana para melhorar o processo Z? Então, comunique-se com os seus colegas e com o seu gestor. É importante dar satisfações das suas atividades, demandas, dúvidas, dificuldades e resultados em geral. Isso torna você uma pessoa mais próxima dos seus líderes. Além disso, a comunicação contínua previne e soluciona problemas com mais facilidade.
  4. ASSUMIR OS PRÓPRIOS ERROS
    Se você cometer um erro no trabalho, não se desespere. Essas coisas acontecem. Por mais que o erro seja algo indesejável, ele também pode ser uma grande oportunidade de aprendizado. Dessa forma, admita o seu erro, peça desculpas às pessoas que foram afetadas por ele, extraia da situação os aprendizados possíveis e verifique o que é possível fazer para consertar a situação — ou, ao menos, amenizar ao máximo possível os danos. Agir assim é também uma prova de responsabilidade.
  5. RECONHECER A IMPORTÂNCIA DAS SUAS FUNÇÕES NA EMPRESA
    Pense, por exemplo, em um professor de uma escola de ensino fundamental. Ele é responsável por 40 alunos durante 4 horas ao longo do dia. Cada um desses alunos é uma vida sendo moldada a partir dos ensinamentos desse professor. Tudo aquilo que ele fala e explica será tomado como verdade. Por isso, qualquer ausência, atraso, postura inadequada ou informação equivocada pode prejudicar o desempenho de 40 pessoas que estão entendendo como o mundo funciona.

Inspirado nesse exemplo, pense em como o seu trabalho é importante para a empresa, para os clientes e para o mundo em geral. Adquirir essa consciência eleva a sua responsabilidade.

  1. PENSAR COLETIVAMENTE
    Em uma empresa, os interesses coletivos se sobrepõem aos individuais. Isso quer dizer que as decisões precisam ser tomadas em equipe, evitando que um indivíduo imponha a sua opinião sobre os demais. É preciso ser democrático, no sentido de compreender que o outro pode ter ideias tão boas — ou até melhores — do que as suas. Dessa forma, o pensamento coletivo é responsável, no sentido de que envolve o altruísmo e a empatia, considerando o bem-estar do outro, e não apenas de si mesmo.
  2. RESOLVER PROBLEMAS SEM CULPAR NINGUÉM
    Você deve assumir a responsabilidade sobre os seus erros e resolver os seus problemas. No entanto, se for vítima das falhas de outra pessoa, não aponte o dedo aos culpados. Cada um deve saber da responsabilidade que cai sobre si. Você deve se defender de acusações infundadas, mas não deve acusar outras pessoas. Foque em resolver os problemas, mais do que em encontrar os responsáveis (a menos que você seja o líder da equipe, é claro).
  3. GERENCIAR O SEU TEMPO
    O tempo é um recurso limitado, de modo que devemos aproveitá-lo da melhor maneira possível, sobretudo no trabalho. Para ser pontual, conforme vimos no primeiro item deste artigo, precisamos gerenciar bem o tempo à nossa disposição. Se você deve entregar um relatório nas próximas 4 horas, não fique batendo papo, deixando para escrever o relatório na última hora. O ideal é inverter essa ordem: cumpra as suas obrigações com estratégia e dedicação, tão logo sejam solicitadas, e, depois, se sobrar tempo, faça o que não é prioritário.
  4. ADMINISTRAR AS SUAS EMOÇÕES
    Administrar as emoções no trabalho também é um sinal de responsabilidade. Você não pode perder a paciência com um cliente difícil, dar uma resposta mal-educada a um colega ou gritar com o chefe ao receber um feedback negativo. A administração das emoções envolve separar as questões profissionais das pessoais, de modo que você seja capaz de controlar a intensidade dos sentimentos e das suas ações.
  5. PROGREDIR CONTINUAMENTE
    Por fim, ser responsável é também verificar o que você pode fazer para continuar progredindo e ser um profissional melhor a cada dia. Estudar, ler, participar de eventos, investir em cursos e treinamentos, ter mentorias com profissionais mais experientes e simplesmente ser mais disciplinado são exemplos de atitudes que revelam o seu comprometimento com os seus resultados e, consequentemente, com o desempenho da equipe da qual você faz parte. Isso é responsabilidade!

Ser responsável é um somatório de atitudes que dizem respeito a dar o melhor de si no cumprimento das suas obrigações. Isso é especialmente importante no trabalho, onde as nossas funções influenciam e são influenciadas pelas funções dos outros, de modo que a responsabilidade de um impacta os resultados de todos.

E você, ser de luz, se considera uma pessoa responsável? Por quê? Quais aspectos você precisa desenvolver mais nesse sentido? Reflita e deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

FacebookTwitterLinkedInWhatsApp

Share This Article